18/10

Porque você não vai?

porquevocenaovai

Como de costume, fiquei muito desconfortável quando o assunto começou a ser sobre VOCÊ. Pode até parecer imaturo, mas ainda sinto um aperto no peito quando esse assunto torna a aparecer em minhas conversas matinais. Já disse que detesto ter que fugir de uma conversa super interessante porque o assunto mudou? Não tenho medo de dizer que eu não superei você, chorar ainda faz parte da minha rotina. O que eu tenho medo é de gritar pra todo mundo que ACABOU, mas acabou de verdade. Tenho medo de seguir em frente buscando algo que me faça feliz, e que lá na frente eu perceba que não foi você o motivo da minha felicidade.

Já recebi N conselhos e ouvi várias histórias como a nossa, que também não deram certo, e que só para constar: “Eram pra eu não desanimar”. O que fazer quando depois de ouvir tudo o que as pessoas me dizem, eu ainda insisto em pensar em você? – Sim, você me magoou, teve dúvidas, não deu certo porque não era pra acontecer, e foi melhor ter acontecido agora do que mais tarde – Os momentos bons, por mais que tenham sido regrados nos últimos instantes do nosso relacionamento, são os que me fazem sofrer e pensar que tudo isso só é uma fase. Boba eu, bobos todos os que amam.

Porque tudo isso só aconteceu comigo? E porque você não acabou logo com as minhas esperanças? Poxa, não quero uma ligação, uma mensagem, muito menos ter que ouvir o quanto minha mãe adorava você e o quanto você é especial. Não quero continuar tendo que me culpar por tudo o que aconteceu, quero apenas imaginar que tudo aquilo que a gente viveu não vai fazer falta, e que apesar de não ser a pessoa certa pra você, que eu saiba que um dia você me amou, e que “foi bom enquanto durou”.

Ter você em meus pensamentos diariamente não é fácil, e eu sei que com o tempo isso só vai diminuir, não espero que seja rápido, mas espero que aconteça sem que eu perceba, dia à dia, até que a esperança acabe e eu finalmente aprenda que é muito fácil sobreviver sem você do meu lado. Então, me faz um favor? Pare de entrar na minha cabeça e nos meus pensamentos confusos, não me ligue, não me atenda, não queira ser apenas meu amigo. Então aí vou conseguir seguir em frente de verdade, sofrendo ou não, sentindo sua falta ou não, sendo feliz.

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 22 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
Percepção de solidão
Hoje lembrei de você
Surpresa boa