10/05

A culpa é das estrelas (John Green)

a-culpa-e-das-estrelas

Demorou demais, mas finalmente apareci pra resenhar um dos meus livros favoritos: “A Culpa é das Estrelas”. Pedi de presente em um amigo oculto que participei no natal lá na empresa e amei muito! Sabe aquele livro gostoso de ler e que é impossível esquecer? É esse mesmo. Li em dois dias e fiquei completamente encantada com a história de John Green, tão cliché e ao mesmo tempo tão real. A vontade de ler outros livros do autor apareceu e tá aqui até hoje.

a-culpa-e-das-estrelas1

Sinopse

Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

a-culpa-e-das-estrelas2

Hazel Grace é uma garota de 16 anos e há três luta contra um câncer terminal, mas não sabe quando exatamente vai morrer. Depois de ser cobaia em testes com um novo medicamento, seu tumor encolheu, o que dá a ela mais tempo de vida. Ela tem medo de ser uma “grande bomba” para as pessoas que ama e tem um belo senso de humor.

Em uma das reuniões do Grupo de Apoio a Crianças com Câncer, Hazel – Só Hazel, por favor! – conheceu Augustus Waters (Gus), um garoto charmoso que não tirou os olhos dela durante o encontro. Quando finalmente o acabou eles começaram a conversar e daí surgiu uma amizade muito grande.

Gus é uma daqueles caras lindos e incríveis que a gente só vê em filme, sabe? Ele tem um jeito diferente de levar a vida e é e SEC (Sem Evidência de Câncer) há dois anos, na época de seu tratamento perdeu sua perna direita. Gus tem medo de morrer sem deixar sua marca no mundo.

a-culpa-e-das-estrelas-3

Uma das coisas mais surpreendentes do livro é que ele não fala de câncer do jeito que as pessoas pensam. Hazel e Gus tentam viver a vida o mais normal possível e tratam a doença com um grande senso de humor. São 283 páginas cheias de risos, choros e muita reflexão sobre a vida.

a-culpa-e-das-estrelas-4

Minha parte favorita:

“Alguns infinitos são maiores do os outros. Há dias, muitos deles, em que fico zangada com o tamanho do meu conjunto ilimitado. Queria mais números do que provavelmente vou ter […] mas você ão imagina o tamanho da minha gratidão pelo nosso pequeno infinito. Eu não o trocaria por nada nesse mundo. Você me deu uma eternidade dentro dos nossos dias numerados, e sou muito grata por isso. ” (p. 235)

a-culpa-e-das-estrelas-5

a-culpa-e-das-estrelas6

O livro me envolveu de uma forma muito grande. Não parei de ler até terminar. Chorei demais! Sabe aquele momento que você está pronto pra uma história de amor linda? Eu não estava. Mas amei mesmo assim.

a-culpa-e-das-estrelas7

a-culpa-e-das-estrelas8

a-culpa-e-das-estrelas9

a-culpa-e-das-estrelas11

O livro é fofo, e tem as páginas amarelas (Awwnn). A diagramação é impecável e a capa é muito fofa ♥

O livro foi publicado pela editora Intrínseca.

a-culpa-e-das-estrelas12

a-culpa-e-das-estrelas13

a-culpa-e-das-estrelas14

a-culpa-e-das-estrelas15

E quem aí já leu?

Nota: ♥♥♥♥♥

 

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 22 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
Todo Dia (David Levithan)
Pó de Lua (Clarice Freire)
Anexos (Rainbow Rowell)