08/03

Minha vida fora de série 1ª temporada (Paula Pimenta)

minha-vida-fora-de-serie-0

Tem um tempão que escuto falarem muito bem dos livros da Paula Pimenta. Ainda não tinha lido nenhum, mas estava curiosa de verdade pra saber o quão bom era a escrita da autora.

De início eu estranhei bastante, afinal, estava lendo sobre uma menina de 13 anos e seus dramas adolescentes. Não conseguia me identificar com o que a protagonista estava vivendo e claro, com o objetivo final de toda a história, sabe? Foi assim de começo, até finalmente eu colocar na minha cabeça que pra realmente curtir tudo, eu deveria mesmo colocar a capinha da minha adolescência.

minha-vida-fora-de-serie-1

Sinopse:

Mudar de cidade sempre é difícil, mas fazer isso na adolescência é algo que deveria ser proibido. Como começar de novo em um lugar onde todos já se conhecem, onde os grupos já estão formados, onde ninguém sabe quem você é? A princípio, Priscila não gosta da ideia, mas aos poucos percebe que pode usar isso a seu favor, tendo a chance de ser alguém diferente. Mas será que o papel escolhido é aquele que ela realmente quer representar? Aos poucos, Priscila percebe que o que importa não é o lugar e sim as pessoas que vivem nele. E que, além da nova cidade, há algo mais importante a se conhecer: ela mesma. Quem gosta da série “Fazendo meu filme” não pode perder o livro de estreia dessa nova série de Paula Pimenta. Situado no mesmo universo ficcional, temos a oportunidade de acompanhar alguns dos nossos já adorados personagens, três anos antes da história de ‘Fazendo meu filme” começar. Não perca a 1ª temporada da vida fora de série de Priscila.

minha-vida-fora-de-serie-2

Priscila Panogopoulos tem 13 anos e acaba de mudar para BH por conta da separação de seus pais. Ela, super chateada e sentindo falta de suas amigas, seu irmão, seu pai e seus bichinhos de estimação que ficaram em São Paulo, precisa se adaptar  a nova rotina na nova cidade.

É nessa nova fase que a Pri se apaixona por um menino na sua sala e conhece novas pessoas que se tornam seus amigos ali.

minha-vida-fora-de-serie-3

O que eu gostei de ver na história é que ela se passa aqui no Brasil! Os costumes, escola e tudo mais são inteiramente nossos e eu me amarrei nisso. Fiquei lembrando da minha infância e de tudo o que passei no meu período da escola.

Os capítulos se iniciam com frases de séries, o que eu achei muito legal! A Pri está em uma fase de assistir muitos seriados depois que sua prima lhe deu de presente de aniversário um box da série Gilmore Girls (que à propósito, tô muito afim de assistir também).

minha-vida-fora-de-serie-4

Confesso que por mais que tenha colocado a minha capinha de adolescente e gostado bastante da história depois disso, eu estranhei algumas coisas, por exemplo: como uma garota de 13 anos já faz tanta coisa na vida e tem tanta preocupação em estar linda, em se arrumar para “seduzir” garotos e se envolver com pessoas bem mais velhas que ela, sabe?

Não sei se apenas eu senti isso, mas quando eu tinha 13 anos não sentia necessidade de um garoto e nem estava procurando o amor da minha vida. Sabe?

minha-vida-fora-de-serie-5

Enfim, gostei bastante da narrativa da Paula. Ela tem um jeito bem especial de falar e de fazer com que a gente queira terminar o quanto antes. Fora que a leitura é leve e bem rapidinha.

A diagramação é muito boa, as páginas são amareladas e a capa é uma fofura! Se você curte romances fofinhos e muita aventura, esse livro é uma ótima pedida.

minha-vida-fora-de-serie-6 minha-vida-fora-de-serie-7

Nota:

♥♥♥♥minha-vida-fora-de-serie-8

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 22 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
Desafio Literário: 50 livros para ler em 2015
3 Desafios literários para 2016!
50 livros para ler em 2015: Os livros que li em fevereiro


 

  • Jaque eu estou com meus 20 anos e adoro a Paula! haha
    Realmente para ler os livros dela você tem que vestir a capinha da adolescência mas são livros bem gostosos. Talvez você não estranhasse tanto se tivesse começado com Fazendo meu filme, a Fani é mais quietinha, já a Pri sempre foi retratada nos livros (FMF) como alguém mais “evoluída” para a idade
    Beijos ♥
    Amei a resenha

    • Verdade, Cláudia! Eu estranhei muito mesmo por conta dessa evolução toda da personagem dela, mas enfim, agora já aprendi: minha capinha da adolescência está à disposição pra ler livros da Paula! <3

      Obrigada pelo comentário e pela dica!

      Beijo.