04/10

Resenha – Julieta de Anne Fortier

julieta0

Já tem um tempinho que estou devendo a resenha desse livro aqui no blog, na verdade bem antes do blog ter mudado completamente do Garota x Mulher. Na verdade, eu tinha emprestado o livro pra uma colega minha logo depois que li e só peguei há alguns dias atrás. Recebi a indicação do livro de uma outra colega que me disse que eu não iria me arrepender nada de ter comprado, e confesso que não me arrependi mesmo. Terminei de ler o livro em uma semana, e sério, fiquei triste quando acabou. A minha vontade era fazer com que houvesse uma continuação.

Eu simplesmente amei a capa! No começo fiquei um pouco confusa com o modo como a autora quis dividir duas narrativas no mesmo livro, mas acabei gostando muito mais por isso.

julieta1Sinopse:

Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena. Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos – um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando. O diário conta uma história trágica: há mais de 600 anos, dois jovens amantes, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, morreram vítimas do ódio irreconciliável entre os Tolomei e os Salimbeni. Desde então, uma terrível maldição persegue essas duas famílias. E, levando-se em conta a linhagem e o nome de batismo de Julie, ela provavelmente é a próxima vítima. Tentando quebrar a maldição, ela começa a explorar a cidade e a se relacionar com os sienenses. À medida que se aproxima da verdade, sua vida corre cada vez mais perigo. Instigante, repleto de romance, suspense e reviravoltas, Julieta – livro de estreia de Anne Fortier – nos leva a uma deliciosa viagem a duas Sienas: a de 1340 e a de hoje. É a história de uma lenda de mais de 600 anos que atravessou os séculos e foi imortalizada por Shakespeare. Mas é também a história de uma mulher moderna, que descobre suas origens, sua identidade e um sentimento devastador e completamente novo para ela: o amor.

julieta2
O livro conta a história de Julie Jacobs, uma garota tímida que tem uma irmã gêmea completamente diferente dela, Janice. Logo no começo da história, nos deparamos com a morte da tia de Julie, que para a sua surpresa deixou de herança a mansão em que moravapara sua irmã Janice. E  para ela deixou uma carta, contando-lhe que, na verdade, seu nome era Giulietta Tolomei e que ela deveria ir para Siena, na Itália, atrás de um tesouro deixado por sua mãe.

Completamente disposta e desesperada a achar o tesouro, Julie ou Giulietta viaja até a Itália e lá se depara com muito mais mistério sobre seus antepassados e muitos outros desafios em que precisa vencer na busca do tal tesouro perdido.

julieta7

As narrativas são dividas de capítulo em capítulo ou em cena e cena: uma mostra o tempo atual, com Giulietta (Julie) tentando encontrar o tesouro de sua família, e outra mostra a história de Giulietta do século IX, a verdadeira Julieta de Shakespeare junto com seu Romeu.

É até um pouco complicado de se explicar a forma com que a autora abordou as duas narrativas. Uma com linguagem atual e a outra bem formal, levando em conta que a história acontece em diferentes épocas. No início de cena há uma citação de Shakespeare que de alguma maneira tem alguma coisa a ver com o que está realmente acontecendo.

julieta5

Me apaixonei pela maioria dos personagens, foi incrível ver como a autora conseguiu fazer com que nos apaixonássemos pelo personagem e logo no ato seguinte, os odiássemos.

Acho que é quase impossível descrever a sensação que a gente tem quando estamos lendo o livro. É uma mistura de romance, ação, mistério, cultura e muitas gargalhadas. Ele me surpreendeu bastante, no decorrer da história a gente não consegue largar o livro pra nada até conseguir terminar todas as páginas que vão acabando muito depressa.

julieta3

As cenas de ação nos fazem imaginar como se estivéssemos vivendo o momento e a minha vontade era que o livro não acabasse nunca. Recomendo muito a leitura, principalmente para os fãs de aventura e romance, vocês vão amar.

julieta4

O livro tem 443 páginas, contando com a nota da autora que explica mais ou menos como ela conseguiu tornar real essa história e fazer com que se tornasse esse livro maravilhoso.

julieta9

 

Nota:

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ 

Quem quiser seguir e acompanhar as redes sociais do blog é só clicar:

Flickr | Instagram Twitter | Facebook

 

 

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 24 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
Eleanor & Park – Rainbow Rowell
Minha “nova” câmera – Yashica Trip 75
A probabilidade estatística do amor à primeira vista (Jennifer E. Smith)


 

  • Além de ter gostado da resenha do livro, gostei bastante das fotos e curti muito seu trabalho como fotógrafa. Parabéns!

    Beijoos