06/10

Foi-se o tempo

texto1

Foi-se o tempo em que precisava de você pra tudo, aliás, não tenho certeza se um dia eu realmente precisei como eu achava que precisava. Você com todas as suas incertezas e inseguranças só me fez perder todo o interesse que eu tinha antes. Acho que dei importância demais pra você e de uma certa forma te fiz ser perfeito nos meus pensamentos. Não saberia dizer o tamanho do meu sentimento por você, porque ele simplesmente não cabe dentro de mim. Você foi a pessoa em que eu mais confiei na vida, aquela que independente de tudo estava ali do meu lado. Mas algo aconteceu, e não posso negar que a culpa de tudo isso foi simplesmente minha. Mas também não vamos falar de quem é a culpa por isso ou aquilo, ok?

Quando o amor se torna tão grande e as situações se tornam tão intensas, seria de se imaginar que o perdão acontecesse. As brigas e a rotina se tornaram nossas grandes companheiras, e finalmente não sabia de fato com quem estava me relacionando. Errar nada mais é do que puramente humano. O que o amor os mostra é que apesar dos erros, a gente sempre alivia um pouco por conta de tantas outras coisas e tantos outros momentos. O que entender de um sentimento que nem significado tem, não é?

Mas você, logo você, não entendeu. Quando a gente perdoa, não quer dizer que tudo foi esquecido, bem longe disso. O que realmente acontece é que quando somos machucados, fazemos com que uma cicatriz comece a existir no lugar do ferimento e hora ou outra essa mesma cicatriz pode ou não coçar, até que a gente perceba que ela ficará ali pra sempre. Não posso dizer que nada disso irá acontecer novamente, mas perdoar não é apenas fazer com que uma cicatriz fique ali. Perdoar é fazer muito mais que isso, é deixar de lado e viver como se não existisse um amanhã. Acho que só assim dá certo.

Foi-se o tempo em que eu chorava e implorava pelo seu amor, acho que cresci e percebi que você não faz tanta falta como imaginei que faria, até acho que me amo mais, sabe? Eu percebi que não poderia mais lutar contra você, e que meu amor não seria capaz de dar conta de nos dois juntos. Eu sei, você desistiu (é o que você irá falar), mas não, não desisti. Eu simplesmente percebi que não sou mais capaz de viver lembrando do passado.

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 22 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
Ponto Final
Você merece alguém que…
Porque você não vai?


 

  • Nossa,achei super verdade..Primeiro texto que eu vejo assim e fico babando rsrs…Parabéns pelas palavras