21/01

Eleanor & Park – Rainbow Rowell

eleanorepark

Esse era um dos livros que mais estava ansiosa pra ler! Sério, desde que o vi  algumas resenhas falando muito bem de Eleanor & Park, precisei comprar e ler o livro o quanto antes. Ano passado não deu (TCC, quando vou parar de falar nisso!?) então já comecei 2015 com tudo lendo um dos melhores livros que já li na vida. Juro, eu me emocionei tanto! Sorri,  chorei e fiquei tristonha em alguns momentos, mas sobrevivi pra contar aqui pra vocês o que eu achei de tão especial nesse livro

Então, vamos lá?

eleanorepark1

Título: Eleanor & Park| Autora: Rainbow Rowell|Editora: Novo Século

Sinopse:

Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

eleanorepark2

Primeira coisa: prepare-se pra se apaixonar por Eleanor & Park. Sabe aquela história que não tem nada de irreal? Como se tudo aquilo pudesse ser vivenciado por você mesmo? Então.

Acontece que em todos os momentos você se imagina vivendo como Eleanor e também como Park e simplesmente sente tudo! Sente tensão, esperança, felicidade, tristeza, dor e muitas outras coisas misturadas ao mesmo tempo. Parece que não para nunca.
eleanorepark3

A história se passa em 1986 e traz muitas referências musicais da época, então prepara a playlist!

Park é descendente de coreano e apaixonado por histórias em quadrinhos e música. Não é um cara popular, mas também não é incomodado por ninguém e consegue viver sua vida tranquilamente.  Eleanor é ruiva e se veste feito um “cara” com muitas roupas folgadas e que não caem muito bem em seu corpo avantajado. Tem cabelos cacheados e bagunçados o tempo inteiro.

Os dois se completam. (foi bem cafona, mas precisei dizer)

eleanorepark4

Eleanor acaba de voltar a morar com sua mãe e seu padrasto e precisa ir à escola, assim que entra no ônibus se senta no mesmo banco que Park. A princípio, os dois não conversam, não dizem “oi” e nem “tchau”, apenas sentam um ao lado do outro. Daí que Park é um viciado em HQs e Eleanor passa todo o tempo do trajeto à escola lendo por cima do ombro as histórias do rapaz.

Park percebe e logo depois começam a conversar sobre os quadrinhos, depois sobre música e depois sobre tudo! As coisas aconteceram tão gradativamente e em um ritmo tão normal que eu só pude amar cada vez mais TUDO!

eleanorepark5

A narrativa é dividida em terceira pessoa dos dois personagens, Eleanor e Park. O modo como a autora conseguiu nos prender na história é impressionante, comecei a ler e não queria parar até acabar tudo.

Apesar do romance claro, o livro também nos traz assuntos fortes e que nos fazem pensar, como o bullying, problemas familiares e os padrões de beleza. Gostei bastante da forma como a Raibown conseguiu equilibrar todos esses assuntos e nos deixar suspirando, chorando, sorrindo e cantando e seguindo a cançã…ops brincadeira. haha

eleanorepark6

A única coisa que me chateou foi que acabou! E acabou de uma forma que eu não imaginava. Quanto mais eu me via avançando na leitura mais eu queria que acontecesse uma coisa completamente diferente. Foi bonito, esperançoso mas eu queria MAAAAIS!

Ahhh, e deu espaço pra continuação, tá? Percebi que a autora já contou que gostaria de revisitar a história dos dois e e tô torcendo por isso. Quero muito acompanhar um pouco mais dessa história maravilhosa, e que bem que poderia ter sido real, mais uma vez.

Eu estava quase me esquecendo de falar: A escrita da autora é tão confortável, leve que dá vontade de ler só livros assim. Viciei em falar “Gente” pra tudo por causa dela ♥

LEIAAAAAMMMM!

eleanorepark7

A diagramação é maravilhosa. A capa é incrível e as folhas são amareladas do jeito que eu gosto. Amei o tamanho do livro, me senti bem confortável pra ler.

eleanorepark8

Nota:

♥♥♥♥♥

eleanorepark9

Vocês já leram Eleanor & Park? O que acharam da leitura?

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 22 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
Resenha – O resgate do Tigre (Colleen Houck)
1 página de cada vez – Adam Kurtz
50 livros para ler em 2015: Os livros que li em janeiro


 

  • Ameeeei esse livro !! <3

    Também fiz a resenha dele , dá uma olhadinha lá ! 😀

    bjinhos 😀

  • queria comprar esse mas o tanto que tenho aqui pra ler, vai ficar pra depois! ahahaha

  • Que blog fofo , hein ? Amei a sua resenha , e estou pensando em comprar esse livro logo logo ! Beijos ! senhoritadeallstar.blogspot.com

    • @Delly, obrigada!
      Fico muito feliz que tenha gostado do blog e da resenha ♥
      Beijo!

  • Esse livro é uma fofura, tenho muita vontade de ler. 🙂

  • Eu acabaeeeei de ler esse livro, e amei!
    Realmente é muito lindo. Me tocou tanto que me incentivou a fazer a primeira resenha literária no meu blog.
    Toda menina deveria ler esse livro, pelo menos pra saber em tese como o primeiro amor é construído de verdade. As coisas hoje em dia são muito precoces :T

  • ainda não li o livro, mais ja o tenho e agora depois dessa resenha com certeza vou tirar um tempinho para ler.