07/08

Ponto Final

1111

Não vou ficar te culpando pelos erros do passado como eu costumava fazer. Você não tem culpa disso sozinho. Disse coisas que não devia, fiz coisas das quais não me orgulho… Preciso carregar isso junto com você. E se hoje estamos tão diferentes e tão distantes a culpa não é só sua. Eu contribuí e eu assumo a minha parte da culpa. E não estou fazendo isso pra te dar o benefício da dúvida e sim pra te soltar de vez. Pra te livrar de uma vez por todas dessas amarras invisíveis que te prendiam a mim. Eu não quero mais. Eu não me importo mais. Eu não choro mais e nem gasto as minhas noites em claro pensando o que havia de errado comigo e quando você iria, de novo, me procurar. Então, não procure. Não ligue. Não escreva. Se me vir na rua, vá para o outro lado. Se me vir num show da nossa banda favorita, não me olhe, não me toque, não sinta saudade. Porque eu não vou mais. Não dá pra ser frágil pra sempre. Uma hora as cicatrizes param de ser apenas sinais de dor e fraqueza e se tornam marcas de guerra.

 

Sobre a autora:

“Bianca, 20 anos, estudante de Publicidade e Propaganda. Escrevo por puro vício de por no papel coisas que não dá – ou não sei como – para gritar pro mundo.”

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 22 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
Respirei fundo e…
Tudo bem?
Ele