• Bem-vinda, Sofia!

  • Filha

  • 101 coisas em 1001 dias – 4 ª Edição

  • Sofia vem aí!

  • Metas 2021 | Voltei!

25/07

Eu sei

large (3)

Sei que eu nunca disse, mas, eu amo você. Sei também que eu não precisava dizer. Deveria estar óbvio se contarmos todos esses anos em que eu esqueci de mim e me devotei a você. Agora, se eu não tive a oportunidade de dizer, talvez nunca mais tenha. Nossos caminhos se separaram como se uma cratera tivesse se aberto no chão e nos tivesse obrigado a seguir caminhos diferentes.

Nada do que a gente passou junto foi fácil, mas, mais difícil ainda tem sido conviver com o fato de que você não mais está aqui.

Sei que eu nunca disse, mas, você já foi meu herói. Me lembro das inúmeras vezes que contei histórias sobre o cara legal que me enchia de mimos e nunca me abandonava. Que se eu gritasse, me socorria. Que se eu chorasse, me acalmava. Onde tudo isso foi parar? Eu não saberia dizer. A única coisa que sei, é que agora eu sinto sua falta.

Sei que eu nunca disse, mas você foi meu exemplo. Até pouco tempo atrás, foi. Até o dia em que as brigas ficaram constantes, o choro se tornou meu amigo, e não haviam mais seus braços pra aliviar a dor. Até aí, você foi meu exemplo.

Não sei se devo me arrepender de nunca ter dito essas coisas porque agora não faz mais diferença, mas, meu coração se parte sempre que eu lembro do jeito que as coisas acabaram. Escrevo esse texto, que eu sei que você nunca vai ler, como uma forma de pedir perdão. Perdão por ter feito você duvidar do meu amor, apreço e admiração por você. Perdão por todas as coisas que eu sei que eu deveria ter dito e não disse. Por todas as vezes que eu deveria ter me calado e não o fiz. Peço perdão por não ser a melhor pessoa pra você como você um dia foi pra mim. As coisas nem sempre foram conturbadas assim, você lembra? Bem, me desculpe por isso também.

Sei que deveria dizer isso pessoalmente, mas você não vai querer ouvir, então escrevo, porque é a única maneira que meu coração encontra pra despejar toda a dor que não cabe mais nele.

Espero que um dia você me entenda. Espero um dia te entender. Eu sei que eu nunca disse, mas eu sempre quis.

Sobre a autora

“Bianca, 20 anos, estudante de Publicidade e Propaganda. Escrevo por puro vício de por no papel coisas que não dá – ou não sei como – para gritar pro mundo.”

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 26 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
Começar de novo
Quer saber?
Você deveria

23/07

Montando sua penteadeira

Quem nunca sonhou em ter uma penteadeira super fofa e que fosse sua cara? A minha penteadeira é tão improvisada que ainda a uso como escrivaninha, acreditam? Como todas nós sabemos, nem sempre a grana é suficiente pra comprar uma escrivaninha top com cara de pinterest, e pensando nisso resolvi dar algumas dicas pra quem pensa muito em ter uma penteadeira linda e não tem medo de improvisar.

Algumas das dicas que vou dar por aqui também podem ser usadas na montagem de uma escrivaninha, é só imaginar você produzindo muito conteúdo para o blog e também nas tarefas que você sempre tem que fazer pra escola/faculdade. O que você tem que pensar também é em ter cadernos, canetas, post its e essas coisinhas que a gente sempre usa no dia a dia. Mas como estamos montando uma penteadeira agora, vamos nos concentrar e fazer o melhor que podemos, ok?

espelhos

1- Boutique de Achados |2-Miusa |3- Miusa | 4-Boutique de Achados

Para que sua penteadeira tenha a cara de uma você precisa de um espelho grande pra facilitar na hora da make e no processo de tirá-la também. Se você não gosta dos formatos com o toque vintage que selecionei, é só procurar por espelhos mais simples e que com certeza são bem mais baratos.

mesas

1- Tok Stok|2- Meu móvel de madeira|3- Meu móvel de madeira|4-Meu móvel de Madeira

Claro que antes de tudo o que você precisa mesmo é de uma mesa, essas que selecionei são simples e baratas, também dá pra transformar escrivaninhas em penteadeiras só usando o truque do espelho separado.

organizando

1- Boutique de Achados|2- Boutique de Achados|3- Imaginarium|4- Amarello Art|5- Imaginarium |6- Monky|7-i9store

Claro que uma penteadeira não precisa ter apenas um espelho e mesa né? O legal também é decorar com organizadores, latinhas  ou canecas para colocar pincéis de maquiagem e tudo o que você quiser! Fica muito lindo!

luminarias1

1-Departamentos | 2- Imaginarium|3-i9store|4- Imaginarium|5- Imaginarium

E pra melhorar na hora da make, que tal uma luminária? Selecionei umas bem diferentes pra sua penteadeira ficar bem bonita e estilosa.

Gostaram do post meninas? Espero ter ajudado vocês, até a próxima.

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 26 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
Como fazer sua assinatura no Photoshop?
5 perfis incríveis para seguir no instagram!
#Aplicativodavez: Rookie

19/07

Como usar – Suéter

suéter é uma peça confortável, fechada, e que protege muito bem do frio. Antigamente era usado mais pelo conforto e tinham muita cara de “acabei de sair da cama”, atualmente a moda tem espalhado muitas tendências optando pelo conforto das pessoas que usam. O suéter é feito muitas vezes de lã, tricô ou outros materiais que também encontramos por aí.

É importante saber que antes de usar o suéter no nosso dia a dia ele pode ficar com aquela cara de pijama se não for combinado da melhor forma. Por ser larguinho ele também pode dar a impressão de volume e aumentar bastante a silhueta. Separei alguns looks com as principais opções de como usar suéteres e espero que vocês curtam:

Suéter com calça:sweater e calca

Suéter com saia:sweater e saia

Suéter com short:sweater e short

 

Suéter com vestido:sweater e vestido

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 26 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
Como Usar – Varsity Jacket
Como usar: Look para ir à balada
Como usar: Jardineira

13/07

Um dia – David Nicholls

resenha1

Sinopse de “Um Dia”- David Nicholls

Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas – vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

resenha2

A história é narrada sempre no dia 15 de Julho de cada ano. Pois foi o dia e mês em que Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram e viraram amigos.

Em e Dex, Dex e Em se conhecem logo após a formatura da universidade, e bêbados passam a noite juntos. No dia 15 de Julho de 1988, dia de São Swithin, sabem que no dia seguinte trilharão caminhos diferentes, mas mesmo assim, não conseguem deixar de pensar um no outro. Dexter é um aventureiro nato, e Em é mais tranquila, nerd e passa a vida inteira tentando descobrir o que fazer, mas quando descobre, fica muito feliz.

Durante vinte anos, o livro conta os momentos de Emma e Dexter, o que estavam fazendo naquele exato momento, em que encrenca Dex se metia, e o que a vida preparava para Emma. Podemos dizer que “Um dia” é muito real, e as emoções, nos pegam de jeito durante toda a leitura. Emma é a garota esperta que sempre aconselha Dexter (o garotão sem limites) à tentar fazer o melhor para ele, mas nunca  é ouvida.

Dexter é um cara bonito, rico e tem a vida toda pela frente, é convidado a participar de um programa de TV, e vamos dizer que fica famoso (de uma forma não tão positiva), e se afasta de seus amigos, incluindo Emma.

A realidade às vezes é cruel, e os acontecimentos são os mais reais possíveis, sem clichês, sem tanto romantismo, mas quando as coisas começam a dar certo, ahh, pode confiar que você vai começar a se imaginar ali, naquela bela história real e emocionante.

resenha3

Indico mil vezes, e de olhos fechados essa leitura pra quem quer sentir, se emocionar, rir e chorar. David Nicholls me surpreendeu e sem dúvidas é um autor incrível!

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 26 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
A Elite (Kiera Cass)
Resenha – Divergente (Veronica Roth)
Resenha – Julieta de Anne Fortier

Página 108 de 110
«1 ...104105106107108109110››