22/08

Tudo sobre o meu tratamento com Roacutan!

look-boho-8Muita gente não sabe, mas fiz tratamento com Roacutan durante 6 meses no ano passado. Tinha prometido a mim mesma no começo do ano de 2015 que faria um acompanhamento com um dermatologista pra descobrir uma forma de acabar com as espinhas e cravos que me acompanhavam desde cedo.

No meu caso, tentei usar vários produtos, como sabonetes específicos, cremes indicados pela dermatologista, mas nada havia adiantado até o momento. Como eu já estava com 21 anos na época e as espinhas nunca sumiam independente do que eu fizesse, a minha médica indicou o uso do Roacutan por 6 meses.

Antes de tudo eu tenho que dizer que o uso do medicamento Roacutan deve ser indicado por um médico especialista. Somente ele pode dizer se no seu caso há a necessidade ou não do uso, pois, infelizmente, a medição é muito forte e possui vários efeitos colaterais e restrições específicas desde o momento que você começa a usar até um pouco depois do período de tratamento.

Meu histórico:

Sempre, desde a minha pré-adolescência, tive espinhas e cravos no rosto e depois de um tempo, nas costas e braços também. Isso tudo piorou de uma forma muito negativa quando completei 20 anos de idade e de lá pra cá, tentava com ajuda de alguns produtos diminuir a quantidade de espinhas e cravos que só aumentavam cada vez mais. Mesmo não estando mais na adolescência, eles não paravam de aparecer. Minha autoestima, além de ser hiper baixa por outras questões, também foi muito impactada por isso.

As espinhas e cravos se concentravam principalmente nas minhas bochechas, na testa, no nariz e no queixo (sobrou algum lugar? kkk) e meu cabelo e pele também sempre foram muito oleosos, o que piorava toda a situação. Como nada que eu fazia dava certo, decidi procurar um especialista.

look-chapeu-coturno-5

Durante a pior fase do tratamento. Quando os cravos estavam começando a sair por todo o rosto.

No começo foi MUITO complicado, a médica me passou uma lista de coisas que eu deveria evitar e uma lista de exames que eu deveria fazer pra começar a fazer o tratamento.

Antes de tudo ela me disse que eu deveria usar anticoncepcional e assinar uma documentação todos os meses informando que eu estava ciente de que eu não poderia engravidar durante o tratamento e também após seis meses do fim do tratamento.

É totalmente proibido engravidar durante esse período, pois há a chance de má-formação fetal. Para a continuação do tratamento, exames de sangue são realizados todos os meses para garantir sua segurança.

Alguns cuidados que são necessários para o uso do Roacutan:

  • Tomar contraceptivo;
  • Não estar amamentando;
  • Não estar grávida;
  • Evitar (ou excluir completamente da sua vida) bebida alcoólica;
  • Usar filtro solar por todos os dias da sua vida (durante o uso, mas indico pra vida, depois que acabei o tratamento estava tão acostumada que nunca fico sem);
  • Beber muita água;
  • Se alimentar corretamente;
  • Evitar ingerir frituras e doces;
  • Utilizar o medicamento durante o período estipulado pelo dermatologista sem esquecer as doses diárias (caso esqueça, apenas pule o dia, nada de tomar as doses esquecidas junto com as do dia);
  • Fazer depilação à cera ou à laser (A pele fica muito muito sensível durante o período. Eu não tive essa informação quando comecei a fazer o tratamento e fui fazer o buço!!!!! Minha pele queimou e demorou uma semana para sarar);
  • Doar sangue.

Meus efeitos colaterais:

  • Dor no estômago pelo uso do medicamento forte diariamente;
  • Dor de cabeça mais frequente;
  • Pele muito ressecada;

Os efeitos colaterais podem ser muitos dependendo do organismo da pessoa, ou poucos, como foram comigo. O medicamento tinha que ser tomado todos os dias e logo após o almoço. Não é recomendado o uso com a “barriga vazia” por ser muito forte.

Durante o tratamento

Nos primeiros meses, tudo é mais complicado. Primeiramente porque todos os cravos e espinhas começam a sair (isso mesmo) e também por não estar acostumada com o tratamento, costumava esquecer de tomar em alguns dias. A dor de cabeça e dor no estômago me incomodaram durante todo o tratamento, por isso a dermatologista me indicou o uso do Omeprazol para o estômago. Como eu não havia percebido que a dor de cabeça era por conta do remédio (estava muito estressada no trabalho), acabei não comentando com a médica e quando sentia eu tomava qualquer remédio pra dor mesmo.

Mais no meio do tratamento meus lábios não aguentavam mais nada! Eles estavam completamente ressecados e machucados e eu não vivia sem Bepantol. O produto me ajudou muito, mas eu não conseguia usar nem batons matte. O nariz também ficou bastante ressecado por dentro e eu não consegui dormir durante algumas noites. Como a médica já tinha me falado que ocorreria, comprei o remédio que ela havia indicado no começo para quando isso começasse a acontecer. Confesso que não senti muita diferença ao usar, mas melhorou um pouco as minhas noites.

O Roacutan é um medicamento usado por via oral e além da minha pele ter ficado bastante ressecada, meu cabelo também ficou bastante seco (meu sonho de consumo da vida!) e toda a minha pele. Além de beber muita água, tive que usar muito hidratante no corpo e no cabelo também. Não tive problemas maiores com o cabelo, muita gente fala que a queda é constante nesse tratamento, mas o meu cabelo já cai muito normalmente (comecei um tratamento e logo conto pra vocês também) desde sempre e isso não mudou durante esse período.

Senti também muito incômodo nos olhos. Eles ficaram muito secos e como uso lente tudo piorou. Alguns médicos falam que durante o período é melhor deixar a lente e voltar aos óculos, mas como a dermatologista não me indicou, continuei usando a lente e hidratando meus olhos com colírio. Durante a noite eu também tive bastante dificuldade em enxergar, então evitei a direção nessa hora.

Ah, também é importante dizer que o tratamento é acompanhado mensalmente pelo médico que informa a necessidade de realizar alguns outros exames de sangue além do Beta-HCG (esse tem que ser feito todos os meses). A partir da análise desses exames é que o dermatologista verificará se á a necessidade de passar algum outro medicamento para controle. No meu caso, tive que usar um remédio para aumentar minha vitamina D pois não podia sair no sol e me “esquentar” um pouco pra isso.


Aqui embaixo a comparação do meu rosto AntesxDepois do tratamento. Não tenho fotos sem maquiagem de quando eu tinha espinha, então essa foi a única que achei que apareceu um pouquinho do que eu sempre escondia. Não se assustem, parecem poucas, mas a maquiagem me ajudava bastante a esconder tudo e o photoshop também!

antes-depois-roacutan

Em 2016, alguns meses após o tratamento:

depois


Espero que tenham gostado do post, se tiverem dúvidas, comentem aqui que vou tentar responder <3

PS: Vi que após 6 meses, minha pele voltou a ficar oleosa e algumas espinhas e cravos voltaram a aparecer. Tive que ir na dermatologista e ela me indicou uma complementação ao tratamento, se quiserem posso falar disso também em outro post.

Beijo!

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 24 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
1 mês em 1 post – outubro
TAG: Enquete das blogueiras
101 coisas em 1001 dias