02/04

Sozinha

Estou morando sozinha há exatos 2 meses. Desses 60 dias, em 8 eu estive mal, mal pra caramba, mal ao ponto de quase pedir pra sair.

Nos outros 52 eu fiquei bem, estive sozinha comigo e com os meus pensamentos que insistentes chegavam a todo momento. Nessas idas e vindas de pensamentos e reflexões, percebi o quanto eu precisava ficar só. O quanto meu eu pedia por isso e eu não ouvia. Eu precisava de um tempo. Tempo do mundo, tempo das pessoas, tempo do que não era bom pra mim.

Na ausência da tv eu me ligava e conversava comigo mesmo sobre o quão grande eu era para as coisas pequenas que me tiravam a paz diariamente. Na ausência da presença de alguém, eu via o quão boa minha companhia verdadeiramente era pra mim. Na ausência do meu guarda roupas, eu percebia quantas coisas desnecessárias eu guardei pra mim. E as joguei fora ali mesmo.

Me conhecer tem se tornado cada dia um aprendizado incrível. Minha personalidade permeia as paredes do meu apartamentinho e quem quer que chegue se sente abraçado, porque ele irradia a minha luz, de felicidade.

Na falta de móveis bonitos e cadeiras, a gente ocupa o chão e conversa por horas. Na certeza de que quando esse tempo acabar, eu terei de novo o meu tempo de pensar em mim. De olhar os rachados aqui dentro, e conserta-los um a um. Sem pressa. Apenas concertando um de cada vez.

Na ausência, eu me sinto cada dia mais forte, cada dia melhor quando olho no espelho. Nos momentos de silêncio eu percebo o quanto gosto da voz do meu pensamento. Nos momentos de carência, eu percebo o quanto sou completa. E me amo.

Jaqueline
Oi, eu sou a Jaqueline, mas pode me chamar de Jaque! Tenho 24 anos, sou formada em Administração de Empresas, apaixonada por livros e a louca da fotografia.Adoro dias frios, seriados (♥) e a combinação dos dois também. É aqui que compartilho meus sonhos, minhas alegrias e minhas incertezas. Esse é meu mundo na internet, espero que goste!
Você voltou
Ei
Você merece alguém que…


 

  • Então está muito bem,kkkk

  • Jaque, uau! Amei em dias ruins mesmo sendo um percentual irrelevante aos demais dias, saiba que pode contar comigo no que estiver ao meu alcance.

    Beijos!

  • Cheguei neste texto porque estou pronta pra ir morar sozinha e estou ansiosa pra me descobrir mais, descobrir o que realmente preciso (sei que muita coisa do meu guarda-roupa vai pra doação) kk
    O importante é encontrar a felicidade né <3

    • Stephanie você irá se encontrar tanto! Eu fico até feliz por você <3

      Fiquei feliz que você tenha chegado nesse texto tão importante pra mim, é o início de uma nova fase de felicidade 🙂

      Me conta depois como está sendo essa sua fase.

      Um beijo

  • “Na falta de móveis bonitos e cadeiras, a gente ocupa o chão e conversa por horas. Na certeza de que quando esse tempo acabar, eu terei de novo o meu tempo de pensar em mim. De olhar os rachados aqui dentro, e conserta-los um a um. Sem pressa. Apenas concertando um de cada vez…”
    De dou minha palavra que estou tentando encontrar palavras para descrever e elogiar esses texto e não estou encontrando…É o texto mais maravilhoso que vc já publicou (e vc sabe que eu AMO seus textos) <3
    Eu sempre falei muito,me descrevia com muita facilidade,mas foi nos momentos de tristeza que eu quieta percebi que precisava me ouvir.Tudo que quero hoje é isso,olhar para mim mesma e mergulhar nisso.Texto incrível!Um dia,quem sabe,não conheço o seu apê.Vou amar ser abraçada por essas paredinhas que já contam que a dona delas é uma garota incrível!

    • Layniiii, que comentário lindo <3

      Fico tão feliz e maravilhada que esse texto tenha te tocado assim como eu gostaria que tivesse.

      Muito obrigada! Quero mesmo que você em breve conheça meu apê <3